Postagens

Mostrando postagens de Julho 20, 2008

CURA COMO RESPOSTA À FÉ INDIVIDUAL E COLETIVA

Tanto em Mc 1.40-45; 2. 1-12 quanto em Lc 5. 12-26 são descritos dois episódios de milagres em que Jesus ministrou cura sobre dois enfermos. O primeiro exemplo de cura é o de um homem “coberto por lepra”. O que nos ensina o texto sagrado: a fé determinou a bênção. Vendo-a Jesus, de forma determinada, disse QUERO, em resposta à afirmação do homem que sabia que se Ele quisesse poderia purificá-lo. Aquele leproso veio a Jesus todo coberto não somente da doença terrível que atingia todo o seu corpo, mas carregado de estigma, do preconceito contra ele, das imposições da lei mosaica que o impediam de transitar em liberdade. Ao se aproximar de Jesus o leproso usou da palavra que libera bênção. Ele demonstrou a firme convicção de que há poder, autoridade em Jesus e que se submetia à Sua vontade. E aí, então, Jesus tocou nas chagas e o curou. Jesus tem sempre a vontade de nos fazer o bem. Afinal, Ele é amor, Ele é bom e Sua benignidade dura para sempre (Sl 136). Em Jesus nós temos o amor de De…