terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

O QUE É CORROMPÍVEL E O QUE DEVE SER RENOVADO NA VIDA DO HOMEM E A MULHER DE DEUS!

Em 2 Coríntios 2.12-4.18 o apóstolo Paulo expõe com clareza algumas diferenças que me importa trazer à luz para nossa reflexão e aprendizado. Assim, são confrontados ensinos e entendimentos sobre lei mosaica x graça de Cristo, corrupção da carne x renovação do espírito, antiga aliança x nova aliança.  Nossa caminhada com Cristo deve nos conduzir ao campo minado das reflexões teológicas, mas fortemente fundamentadas na Palavra de Deus. O que sobressai do texto sagrado?
O HOMEM EXTERIOR SE CORROMPE, MAS O HOMEM INTERIOR SE RENOVA EM CRISTO JESUS:
(4.16):  “Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia “. Aqui há dois pontos a destacar. Há uma busca de sentido e significado entre o eu interior e o eu exterior. O corpo e a alma constituem o homem exterior. Quando alguém toma decisões amar ou de odiar, tal decisão está relacionada ao eu exterior. Mas o espírito do homem com o próprio espírito em relacionamento com o Espírito Santo constituem o novo homem. Cada cristão tem um eu interior e um exterior. Na análise neotestamentária, a tônica está no homem interior, porque este é o tempo do Espírito Santo, que  constitui algo completamente novo, diferente da época veterotestamentária. O  Espírito Santo foi dado a cada cristão e fez habitação em cada um; se seguirmos Sua liderança, se andarmos no Espírito, o homem interior será renovado todo dia. Já o corpo, como homem exterior, corrompe-se, degenera-se, desgasta-se a cada dia. Mas se como discípulo, fui crucificado com Cristo, então, importa que Ele cresça e eu diminua. Este deve ser o propósito do  viver cristão hoje! Mesmo que você – seguindo fielmente as ordens de Jesus – ame seus inimigos, saiba que não é você quem ama, ninguém pode amar, em seu homem exterior, em seu homem natural; a antiga natureza é incapaz de amar. É o Espírito Santo que habita em você que faz o seu espírito amar! O cristão vive em uma batalha diária para que seu homem interior esteja sendo renovado dia após dia, então assim ele se tornará cada dia mais forte e crescerá até a maturidade.
Efésios 3. 13 nos ensina que o homem interior precisa ser fortalecido. Na maior parte do tempo nosso homem interior está fraco, mas Paulo ora para que Deus nos conceda que sejamos fortalecidos mediante seu Espírito. Nosso homem interior precisa ser fortalecido com poder, e esse poder é um poder interior. Então, é o Espírito Santo que habita em nós que nos fortalecerá. Não há dúvida que Cristo e o Espírito Santo habitam no espírito do homem. Quando o homem interior é fortalecido, a vida dentro do espírito começa a expandir-se. A alma humana é muito forte, e aí pode até atuar como uma grande muralha para o Espírito Santo no espírito do homem. Como a vontade do homem se impõe e é forte, recusa ser quebrantado. Mas quando o homem interior é fortalecido, Cristo não apenas habita no espírito do homem, mas expande Sua esfera de atuação até a alma. Ele passa a habitar em seu coração, faz de seu coração Sua morada. Nosso Senhor não deseja apenas visitar nosso coração, Ele deseja fazer habitação ali. Quando Ele habita em nossos corações, governa nossa mente, emoções e vontade. Dessa forma, nossa alma será transformada; pensaremos, então, como Cristo pensa, amaremos como Cristo ama. Quando Cristo faz Sua habitação, encontramos nosso lar, encontramos  descanso. Descobrimos que nossa casa está firmada em amor. O amor é o fundamento dessa casa;essa casa é a casa de Deus, a própria igreja. Com isso, podemos entender quão importante é o homem interior, que precisa ser renovado dia após dia. Precisamos tomar a nossa cruz a cada dia, este é o processo de crescimento diário, é assim que crescemos. Nosso crescimento no Senhor é gradual, e nosso homem interior precisa ser fortalecido. Por isso é importante reforçar o entendimento de 2 Coríntios 4.16: o nosso homem exterior – corpo, mente, vontade, valores e conceitos - se desgasta e se corrompe dia a dia; enquanto isso o homem interior – o espírito conectado ao Espírito Santo - se renova dia a dia. A renovação é algo diário e toda vez que a Palavra de Deus é ouvida, ensinada e apreendida, ou a praticamos,  nos é dada a oportunidade de renovação. É a falta do Espírito que leva ao envelhecimento e à morte. Além da renovação, precisamos de transformação. Quando diariamente invocamos o Senhor e lemos Sua Palavra, a conseqüência será nossa transformação. Se nossa mente for renovada no espírito, seremos transformados: mas a transformação não é repentina. Ela requer tempo, assim como o crescimento do homem. Quando nossa mente é renovada, o interior transformado, exterioriza a mudança. Segundo Romanos 12.1,2 nossa mente precisa ser renovada pela Palavra de Deus, pois quando estávamos sem Cristo, o inimigo através dos prazeres mundanos e do exercício do pecado, cegou o nosso entendimento, colocando dificuldades em nossa fé nos impedindo de experimentar a boa, perfeita e agradável vontade de Deus.  Pense sobre isso! O corpo humano realmente envelhece e morre; mas a alma e o espírito são imortais; com Cristo, a eternidade é assegurada ao discípulo que teve sua vida renovada e transformada pelo poder do Espírito Santo, e assim para sempre viverá ao lado do Senhor. Quem não tiver o homem interior renovado e transformado por Seu Espírito, será lançado fora de Sua presença e estará por toda a eternidade em outro lugar, onde há choro, ranger de dentes, lamúrias e desespero, para sempre! A escolha para o ser humano, que foi criado livre e dotado de inteligência, é direito de cada um, que aponta para dois destinos: a eternidade com o Senhor ou fora de Sua presença! (Reflexão com base em mensagem anunciada na Comunidade, por este pastor, no culto de domingo 03/02/2013).