Postagens

Mostrando postagens de 2014

OS DISCÍPULOS DE JESUS SÃO RECONHECIDOS PORQUE AMAM!

Nossa reflexão está fundamentada em João 13.34,35. Inicialmente, precisamos estar avisados que o mandamento do amor já existia, mas em Cristo ele se reveste de novo, ao ser exaltado na vida e na morte do Senhor e, em especial, porque Ele nos amou primeiro.      I – O Novo Mandamento. 1. "Como Eu vos amei a vós." - João 13.34. 2. O amor é implantado pelo Espírito Santo. – Romanos 5.5: “Essa esperança não nos deixa decepcionados, pois Deus derramou o Seu amor no nosso coração, por meio do Espírito Santo, que Ele nos deu”. 3. O supremo sacrifício do amor. - João 15.13: “Ninguém tem mais amor pelos seus amigos do que aquele que dá a sua vida por eles”. I João 3.16: “Sabemos o que é o amor por causa disto: Cristo deu a Sua vida por nós. Por isso nós também devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos”.
II – O novo  não Anula o velho. 1. Cristo não mudou a lei. - Mateus 5 .17-20: “Não pensem que eu vim para acabar com a Lei de Moisés ou com os ensinamentos dos profetas. Não vim para acab…

O SENHOR É CONTIGO, SEMPRE!

Em Deuteronômio 31.7,8 no ato de nomeação de Josué como sucessor de Moisés, este chama a Josué e declara perante todas as doze tribos reunidas: “Esforça-te e anima-te, porque com este povo entrará na terra que o Senhor jurou a teus pais lhes dar; e tu os farás herdá-la. O Senhor, pois, é aquele que vai adiante de ti; ele será contigo, não te desamparará; não temas, nem te espantes”. Há momentos na vida em que somos desafiados a enfrentar o desconhecido e os gigantes que nos esperam e aí os temores surgem. As vezes, a vida nos apresenta, lutas e dificuldades que estão além de nossa compreensão e podemos até pensar em desistir de tudo. Mas o texto que lemos nos apresenta três verdades: 1) O Senhor está conosco e diz para nos esforçar e ter bom ânimo: Não existe momento na vida em que Deus não esteja conosco. Em alguns momentos somos levados a pensar que nossas orações não passam do teto. Mas na verdade nossas orações não precisam passar do teto mesmo, porque Deus está sempre ao nosso lado! E i…

O QUE ESCOLHER, CAMINHOS NOVOS E MODERNOS OU VEREDAS ANTIGAS?

Há um tema central no livro do profeta Jeremias: a falta de arrependimento levará à destruição. O povo havia sucumbido às novas práticas de idolatria e desobediência sistemática a Deus e isso, advertia o profeta, iria levá-lo à destruição. Em especial em Jeremias 6. 16, o Senhor Deus fala ao povo de Israel e adverte para ANDAR NAS VEREDAS ANTIGAS da justiça.   Mas em sua dureza de coração, o povo se negava; ele estava trilhando novos caminhos – e esses novos caminhos levariam à ruína, à morte! (Provérbio 16. 25:” Há caminhos que PARECE DIREITO ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte”. Assim, devemos estar alertas: há caminhos que são para a vida e há caminhos que são para a morte. O que você escolhe? Na longa ou curta existência de uma vida humana, estamos constantemente em marcha, do berço ao túmulo, sempre. I – A humanidade está, há bastante tempo, no campo das escolhas dos caminhos. -na área política – totalitarismo, ditaduras e governos de exceção ou democracia? -na área econôm…

O QUE É MESMO VERDADE? ONDE EU A ENCONTRO?

João 18. 28-40 nos mostra algo muito importante. Vejamos por parte: I – A humanidade, desnorteada na sua rota, procura ansiosamente por um sentido, uma direção que seja fiel e verdadeira: O homem não é um ser irracional, cuja existência termina no túmulo! 
Daí o motivo da ansiedade universal sobre a vida após a morte. Mas a verdade, o que é? No texto, temos a pergunta de Pilatos: "Que é a verdade?" A humanidade continua, ainda, a fazer a mesma pergunta. Muitos procuram a solução nos credos religiosos e ouve a cada passo, em cada um que:  "Aqui é que está a verdade!". Diante de tantas variantes, a verdade torna-se de difícil alcance. II – Por que é tão difícil achar a verdade, como guia infalível e fiel para a eternidade? Porque o caminho é escuro. Em Isaías 60.1-2, há um alerta para Jerusalém, que se aplica a todos nós: “Levanta-te e resplandece, porque já vem a tua luz, e a glória do Senhor vai nascendo sobre ti, porque eis que as trevas cobriram a terra, e a escuridão, …

O SENHOR FAZ UM NOVO CONCERTO COM SEU POVO EM MOABE! MAS NÃO HAVERÁ OUTRO... DEPOIS, SERÁ O JULGAMENTO, COM SALVAÇÃO OU CONDENAÇÃO ETERNA

O livro de Deuteronômio foi escrito quando Moisés tinha 120 anos e relata os fatos ocorridos nos dois últimos meses, pouco antes da morte de Moisés e da entrada na Terra Prometida. Após quase quarenta anos da peregrinação no deserto, Canaã estava  à frente. O livro é um grande relato, um discurso de Moisés, ao povo, expondo o que recebera do Senhor e repetindo os acontecimentos dos últimos quarenta anos. Eis que no capítulo 29 e 30 Moisés descreve o concerto, a aliança que o Senhor, torna a fazer na terra de Moabe, além do concerto que fizera em Horebe (Sinai), com os israelitas. Inicialmente, o Senhor traz à memória os Seus feitos, os sinais, os milagres e as maravilhas, para com o povo na travessia dos desertos e no sustento pelos quarenta anos. Adverte-os quanto à desobediência, e os que se desviarem dEle e de Sua lei, para que não suscitem Sua ira. As consequências serão terríveis, advindo daí maldições e muito pesar e tristeza. Os v. 1 a 10 do capítulo 30 revela a predição que vai de…

JESUS CONDENA A HIPOCRISIA DOS RELIGIOSOS!

Mateus 23.1-36 descreve uma cena em que Jesus fala à multidão e aos Seus discípulos  e faz uma clara censura aos religiosos (escribas e fariseus). Os fariseus constituíam um grupo de religiosos judeus devotos às Sagradas Escrituras, que surgiu no século II, antes de Cristo. Eles criaram uma lei oral, em conjunto com a Lei escrita, e foram os criadores da instituição da sinagoga. A palavra fariseu tem o significado de “separados”, “a verdadeira comunidade de Israel, os “santos”. Sua oposição não somente a Jesus, mas depois, ao cristianismo rendeu-lhes, através dos anos, serem reconhecidos como fanáticos e hipócritas que apenas manipulam a lei para seu interesse. Esse comportamento deu origem à ofensa de usar a palavra fariseu, dentro e fora do cristianismo, para pessoas julgadas como religiosas aparentes. Cristo arrancou-lhes a máscara da hipocrisia e revelou-os aos Seus discípulos na hediondez e baixeza do seu caráter. Jesus apresenta os sinais com que são identificados em todos os temp…

A RENÚNCIA E OS SEUS DESAFIOS!

Lucas 18.18-30 descreve o encontro de Jesus com um jovem rico e que é confrontado pelo Mestre para que renuncie aos seus bens materiais, se quiser alcançar a vida eterna. 
Mas o que é renunciar a algo por Deus? É abrir mão da sua própria vontade por Ele. É reconhecer que Deus é maior que sua vida e que você precisa dEle. É entender que é importante viver para Ele. E que, portanto, o Senhor tem toda a liberdade para agir em sua vida. O seu "Eu" cai por terra, deixando prevalecer a vontade de Deus, não a sua! Mais importante do que riquezas materiais é a comunhão e a intimidade com Deus, assim, Jesus não exige que você venda tudo, materialmente falando. O que Ele queria daquele jovem, e continua querendo de mim e de você, é a atitude (a disposição) de renunciar a TUDO por Ele. Você necessariamente não precisa perder nada para segui-Lo, material e financeiramente falando!  Mas deve deixar o orgulho, a vaidade, os maus hábitos, a intolerância, a prepotência, a auto suficiência, enfim, tu…

A RESPEITO DO ANÚNCIO DE QUE NASCEU O SALVADOR, CRISTO, O SENHOR!

Em Lucas 2.1-14 há a descrição do cumprimento da tão aguardada promessa: o Messias havia nascido!  Interessante mesmo, na sequência extraordinária de todos os acontecimentos, é destacar que no nascimento do Salvador não houve procissão, nem sonido de trombetas, nem apoteótica recepção, tampouco feriado  por três dias, festas ou banquetes. Ele, o Messias, a Glória de Israel e Luz dos gentios nasceu e foi acolhido, em um pequeno berço, em uma manjedoura! O anúncio único, impactou tanto os que o ouviram, que foram lá para ver e se certificarem do extraordinário feito. Os detalhes da passagem bíblica nos revelam que: 1. O nascimento trouxe grande alegria (v.8-10).
2. O nascimento trouxe grande paz (v.13,14).
E mais aprendemos quando nos detemos nos pormenores do nascimento de Jesus, o Cristo: - Ele estava para nascer, mas não havia, entre os homens e suas hospedarias, um lugar para recebê-Lo. - Ele havia nascido, e a mensagem primeira de seu nascimento foi dada a singelos homens do campo, os humi…

QUE TIPO DE CRISTÃO É VOCÊ?

Em 3 João 1.1-14, o apóstolo dirige sua carta a Gaio, um dos cristãos em uma das igrejas da província da Ásia. A carta foi escrita por que os mestres enviados por João foram rejeitados em uma das igrejas da Ásia por um líder ditatorial que até mesmo expulsava membros que mostraram hospitalidade aos mensageiros de João. Ele envia essa carta para elogiar Gaio por ter dado hospitalidade e sustento a esses mestres e, de modo indireto, para advertir Diótrefes. Na carta o apóstolo cita nomes de três homens, com características comuns a muitos outros nas igrejas espalhadas por todo o mundo. O primeiro é Gaio, no versículo 1;  O segundo é Diótrefes, no versículo 9;  O terceiro é Demétrio no versículo 12. Ao identificar os perfis desses três homens, constatamos que eles se encontram presentes na igreja cristã até nos dias de hoje, em todas as partes, inclusive em nosso meio. I. CARACTERÍSTICAS DE GAIO: gracioso e piedoso, v.1-8. Gaio era amado- v. 1: “O presbítero ao amado Gaio, a quem, na verdade, e…

CUIDE DE SUA VIDA!

Em Atos 20.28 o apóstolo Paulo faz uma última exortação aos presbíteros da igreja em Éfeso: cuidem de suas vidas! “Vá cuidar da sua vida!”: esta frase geralmente é usada para pessoas que, não dando conta de sua própria vida, querem se meter na vida dos outros. No texto, Paulo está viajando para Jerusalém e tinha pressa v.16. Ele sabia que seria sua última viagem, por isso mandou chamar os presbíteros e lhes dá muitos conselhos, dentre os quais se destaca o que “deveriam cuidar deles mesmos e de todo o rebanho” –v.28. Vamos entender melhor o texto: pais cristãos normalmente estão interessados na vida espiritual de seus filhos, mas antes de cuidarem da vida de seus filhos precisam cuidar de suas próprias vidas espirituais.  Insistem muito para que seus filhos vão à igreja, para que leiam a Bíblia, para que orem, mas na primeira oportunidade relaxam e não vão à igreja, deixam de ler a Bíblia e param de orar. Mulheres e homens estão muito interessados na vida espiritual de seus cônjuges.  E iss…

OS LIBERTOS EM CRISTO SÃO, VERDADEIRAMENTE, LIVRES!

Em João 8.36 Jesus declara: “Se o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres”. Impressiona-me como até no meio evangélico há grande confusão sobre a ideia geral de que libertação está, intimamente ligada à possessão demoníaca e ação direta de Satanás sobre os filhos de Deus. Decididamente não é isso! Certamente que há necessidade de busca de santidade, fugir das obras da carne e do pecado que nos rodeia e nos assola a mente. Mas há um conceito maior sobre a libertação para os que são e estão em Cristo Jesus. E tudo começa com uma pergunta que faço: LIVRES DE QUÊ? DOS TEMORES: das opiniões contrárias de opositores e críticos, do medo de morrer e do inevitável encontro com Deus, do futuro.
DAS SUPERSTIÇÕES: passar debaixo de uma escada, da má sorte, do “mau-olhado”, da figa, de derrubar sal, quebrar espelho, a má sorte do número 13, e tantas outras coisas.
DO PECADO: de seu extraordinário poder, que parece forjar cadeias cada vez mais fortes e pesadas.
DA PRISÃO DA MENTE E DA ALIENAÇ…

A FORÇA DO FRACO!

Em Apocalipse 3.7-13, eis que Jesus Cristo, na visão do apóstolo João, está falando à igreja de Filadélfia, que se sentia fraca.  Ele lembra à igreja que a porta que abre, ninguém fecha, mas que as portas que fecha, ninguém abre. Jesus alerta que ninguém pode contrariar a Sua vontade. Ele abre portas que há muito estão fechadas: portas de oportunidades, caminhos e direções. Mas, por outro lado, Ele constantemente fecha portas para ajudar você a não seguir por caminhos errados. Problemas ocorrem, muitas vezes, porque não queremos enxergar quando uma porta está fechada. Somos cabeças duras. No v.8 o Senhor está falando que sabe que aquela igreja tem pouca fé. Na verdade, a igreja de Filadélfia tinha a humildade de admitir que tinha pouca força. Isto sinaliza que aquela igreja entendia que sua capacidade, seus recursos, seus talentos não eram nada diante de Deus. Admitir sua própria fraqueza não é aceitar a derrota. Ao contrário, é entender que a vitória vem de Deus. Antes, admitir a fraqu…

LUZ REPRODUZ LUZ, VIDA GERA VIDA E UMA VIDA COM LUZ E CONSAGRAÇÃO NOS APROXIMA DE DEUS

O apóstolo Paulo em 1 Coríntios 10.32 alerta: “Portai-vos de modo que não deis escândalo nem aos judeus, nem aos gregos, nem à igreja de Deus”. E em 2 Coríntios 6.11- 7.1 nos convoca a termos uma vida consagrada ao Senhor. Vejamos, por partes:         I – DEUS EXIGE UMA VIDA CONSAGRADA.
           - Devemos, pois, nos separar do mundo  II Coríntios 6.17. 
“Pelo que saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor; e não toqueis nada imundo, e eu vos receberei”.
    - Devemos levar uma vida correta. Tito 2.11,12. “Porque a graça de Deus se há manifestado, trazendo salvação a todos os homens,ensinando-nos que, renunciando à impiedade e aos desejos mundanos, vivamos neste presente século sóbria, justa e piamente”. 
-Devemos fugir do mal. I Tessalonicenses 5.22. “Abstende-vos de toda a aparência do mal”.
  II – COM UMA VIDA CONSAGRADA, OBTEREMOS SUCESSO.      - É impossível amar a Deus e ao mundo. I João 2.15. “Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele”…