REFLEXÕES PASTORAIS COM GRAÇA

sábado, 30 de agosto de 2014

A LEI DA RECIPROCIDADE DIVINA!

"Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada,sacudida e transbordante vos darão; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão a vós" (Lucas 6.38).
Existe uma lei universal de reciprocidade divina. Você dá; Deus dá de volta. Quando você planta uma semente, a terra dá a colheita. Trata-se de um relacionamento recíproco. A terra somente pode lhe dar quando você dá a ela. Quando você aplica dinheiro em um banco, o que ocorre? O banco lhe devolve juros. Isso é reciprocidade. Muitas são as pessoas que querem algo, sem dar em troca nada. Isso se aplica, também, nas coisas espirituais. Existem pessoas que agem apenas por interesse, nada dão, mas querem tudo. Pessoas assim estão à procura de bênçãos para si mesmas, mas não apreciam abençoar antes, para então, esperar por suas bênçãos. A condição estabelecida por Jesus no sermão - visto de forma mais completa nos v.30 a 38 - é que é preciso inicialmente dar de si; quando assim procedemos nos será dada uma quantidade bem maior (bem medida, sacudida e transbordante)!
Geralmente, as pessoas sabem que é dessa maneira que ocorre nos sistemas que governam o mundo. Mas em sua relação com Deus esperam que Ele lhe dê algo, mesmo quando nada investiram no Reino de Deus. E aqui é importante deixar claro que esse investimento não está diretamente relacionado à inversões financeiras (dinheiro), mas a algo bem mais amplo e abrangente. E eis que surge uma pergunta: se você - como discípulo de Cristo - não está investindo seu tempo, talento, dons e compromisso, por que quer alguma coisa?
Como você pode querer algo sem ter semeado alguma semente?
Como você pode esperar que Deus honre seu desejo, quando você não honra seu mandamento de dar e suprir?
A prosperidade começa com investimento. Deus espera que você receba uma grande colheita a partir de sua grande oferta! Dedique-se mais a Ele - e a Sua Igreja - contribua  mais - com alegria e contentamento, não com pesar e você estará sendo boa testemunha de Cristo. Você tem uma missão estabelecida por Cristo: não vacile, como missionário e evangelista, você pode ser o próprio mensageiro, mas se não puder, ajude a enviar outros para fazer em seu lugar, para tanto basta contribuir financeiramente e estará fazendo missões! Glória a Deus, por isso! (Reflexão com base em mensagem anunciada na Comunidade, por este pastor, no culto de domingo 23/08/2014).