Postagens

Mostrando postagens de Junho 16, 2013

QUAL A PAUTA PARA AS MANIFESTAÇÕES POPULARES QUE ESTÃO OCORRENDO NO PAÍS?

Estes são dias de manifestações! Finalmente, o povo parece ter despertado! A letargia das massas me cansava; a sensação que identificava era a de que o povo aceitava passivamente as ondas de corrupção nas três esferas de poder, posto que há muito não mais se restringia ao executivo, mas se alastrara para o legislativo e o próprio judiciário. Enfim, as leituras diárias que fazia - e faço - dos jornais Folha de S.Paulo e Estado de São Paulo, logo nas primeiras horas da manhã, geralmente me deixavam indignado.  Onde será que vamos parar? Era a pergunta que atravessava minha garganta. Nas aulas de graduação, em uma universidade pública e em uma faculdade particular, como professor, frequentemente enveredava por uma discussão mais acalorada sobre os males da corrupção que grassam nosso país, a impunidade que campeia livremente, os descasos nas gestões públicas e a passividade do povo brasileiro.  Cada vez que precisa de um atendimento na rede pública de ensino (municipal, estadual ou federal…

OS DISCÍPULOS DE JESUS NÃO SE DEIXAM LEVAR PELAS PAIXÕES HUMANAS!

Em 1 Pedro 4.1-11 o apóstolo destaca alguns pontos sobre os seguidores e discípulos de Jesus que merecem nossa mais apurada análise: Assim como aconteceu com Cristo, o discípulo deve estar pronto para sofrer e experimentar as agruras de uma existência que se rebela contra a ordem das coisas dos homens. Quem se deixa levar pelos prazeres do corpo, não sofre. Mas aquele que sofre no corpo, sente as dores porque deixa de ser dominado pelo pecado. Quem não se deixa ser dominado pelo pecado, aceitou viver por toda sua vida de acordo com a vontade de Deus e não se deixa ser dominado pelas paixões humanas. Antes de ser discípulo, cada um gastava todo tempo fazendo o que os descrentes e pagãos gostam de fazer. No passado, cada um vivia na imoralidade, nos desejos carnais, nas bebedeiras, nas orgias, na embriaguez e na nojenta adoração de ídolos. Agora (como discípulo) os descrentes e pagãos ficam admirados quando aquele que conheciam  tornou-se diferente e não se junta a eles nessa vida louca e…