quarta-feira, 25 de março de 2015

O SENHOR ORDENA:É PRECISO LIMPAR-SE E PURIFICAR-SE!

Isaías 1.11-20 nos remete à necessidade de atentar para uma limpeza que é preciso fazer para se ter parte com Deus, que é puro, justo, perfeito e imutável. O assunto limpeza era muito conhecido pelo povo de Israel. Os ritos religiosos sempre visavam a purificação.
Sujeira é algo sério, ainda mais quando se trata de sujeira espiritual: essa somente Deus pode limpar por completo! O problema é que o ser humano é espiritualmente sujo por natureza. Sua tendência é agir por egoísmo e maldade. O homem não consegue se limpar sozinho – tentar fazer isso tem o mesmo resultado que tentar tirar o pó e a sujeita de um lugar com um pano sujo, que só empurra a poeira de um lado para o outro. A sujeira tem uma característica bem conhecida: atrai mais sujeira e nunca a limpeza.
Assim, igualmente, na dimensão espiritual, uma limpeza parcial não resolve e nada significa para Deus. Isto é o que o Senhor nos diz nesta leitura de Isaías 1.11-20: não adianta manter a aparência exterior de piedade e compaixão religiosa se o coração é mau e as obras também, coisa que Deus descreve como repugnante e insuportável.
Se o ser humano nasce sujo e não consegue se limpar sozinho, haverá alguma esperança para ele? O apóstolo João em sua primeira carta nos dá um importante alerta: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda a injustiça”.
Então, é preciso confessar pecados, é preciso pedir perdão por eles, e confiar na fidelidade e na justiça do Eterno, pois Ele não somente nos perdoa, como nos purifica, nos lava, nos limpa de todas as mazelas e injustiças!
É isso o que Deus quer: que você reconheça sua rebeldia e lhe mostre todos os cantos sujos de seu coração. Isso é suficiente para que Ele perdoe e faça a limpeza que você precisa para ficar completamente purificado e limpo!
Mas assim como nada se limpa sozinha, o seu coração poderá voltar a ficar sujo! Cuidado! Orai e vigiai!
Permita que Deus faça essa limpeza diariamente – e isto é o que a Bíblia chama de santificação! Essa limpeza, também chamada de purificação e santificação é importante e essencial para a saúde espiritual!
E não se esqueça: para ser limpo, não basta manter-se longe da sujeira, é preciso lavar-se regularmente! A limpeza de ontem limpou a sujeira de ontem!
A sujeira de hoje deve ser lavada, hoje! E a sujeira de amanhã?
Não adianta mais orar, pedir a Deus, por socorro e misericórdia, se minhas mãos estão sujas de sangue, escarlate como o pecado! v. 15.
Antes, é preciso lavar-se e se purificar, tirando a maldade dos nossos atos e diante dos olhos de Deus, cessando de fazer o mal! v.16.
Devemos, então, aprender a fazer o bem, praticar o que é reto e direito, ajudando os aflitos e oprimidos, socorrer os órfãos e as viúvas. v. 17.
Então, quando isso acontecer, vá ao Senhor e questione-O, pois ainda que os seus pecados sejam vermelho como a escarlate, eles se tornarão brancos como a neve. Embora sejam rubros como o carmesim (cor de púrpura), se tornarão como a branca lã. v. 18.
O v. 19 é muito enfático: se quiserdes assim proceder e ouvirdes o que o Senhor está te falando, então, COMEREIS O MELHOR DESTA TERRA! Que promessa extraordinária!
Mas cuidado com a advertência do v. 20: “Mas se recusardes e fordes rebeldes, sereis devorados à espada, porque a boca do Senhor o disse”!
Reflitamos sobre estas palavras e esperemos no Senhor todos limpos, purificados e obedientes, sabendo que Ele é justo e fiel para cumprir com Sua Palavra! Glória a Deus por isso! (Reflexão com base em mensagem anunciada por este pastor, na Comunidade, no culto de domingo 22/03/2015).