Postagens

Mostrando postagens de Abril 27, 2008

O DISCERNIMENTO DE QUEM TEM O ESPÍRITO DE DEUS

Dn 1.1-21 descreve a situação do exílio na Babilônia quando Daniel e seus três jovens companheiros deram os primeiros e definitivos passos como escolhidos pelo rei Nabucodonosor, para receberem formação e treinamento nas ciências e nas artes, conquanto que passados três anos, fossem submetidos à apreciação real, e sendo aprovados passariam a servi-lo. Aprendemos aqui que o sucesso que vai caracterizar a vida de Daniel, muito tem a ver com essas primeiras atitudes que ele assume diante das circunstâncias adversas. Em primeiro lugar, Daniel se dá conta que é possível harmonizar a aparência externa com o interior. Ele não somente era um jovem saudável fisicamente e de boa aparência, mas em termos interiores, pode ser considerado instruído, apto para o novo, aberto para novas experiências, enfim, capaz de aprender, inclusive, outra cultura, tão diametralmente oposta à judaica. Em segundo lugar,Daniel soube perfeitamente discernir o que faz bem. Ele tinha plena consciência de que era escra…