REFLEXÕES PASTORAIS COM GRAÇA

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

A COMICHÃO NOS OUVIDOS!

Em 2 Timóteo 4.1-8 eis que o apóstolo ordena algo especialmente ao seu discípulo, jovem iniciante no ministério cristão, mas que é extensivo a mim e a você, até os dias atuais: 
1.    Quem é discípulo de Cristo deve – com toda a firmeza –pregar a mensagem e insistir em anunciá-la, seja a tempo certo ou não, v.1. 
2.   Quem assim age deve procurar convencer, repreender, animar e ensinar com toda a paciência, v.2. 
3.    Tempo chegará em que as pessoas não vão dar atenção ao verdadeiro ensinamento, mas seguirão os seus próprios desejos. 
4.    Os que não derem atenção ao verdadeiro ensinamento arranjarão para si mesmos uma porção de mestres que vão dizer a eles o que querem ouvir. 
5.    Pessoas assim têm COMICHÃO (coceira; desejo premente, urgente) NOS OUVIDOS, pois desviam os ouvidos da verdade que liberta (João 8.31,32) e se voltam para acreditar em fábulas, em lendas. 
6.    Eis um alerta paulino ao discípulo Timóteo, mas que nos alcançam como discípulos do Senhor, v.5:
  • Devemos ser moderados (sóbrios) em todas as situações.
  • Precisamos suportar o sofrimento (e não simplesmente ficar murmurando; pedir misericórdia do Senhor e capacidade para suportar toda a tribulação).
  • Devemos realizar o trabalho de um pregador do Evangelho e cumprir bem o nosso dever de servo de Deus. 
  • Devemos fazer o melhor que pudermos, chegando até o fim, sem perder a fé. 
Paulo, então, se despede afirmando que sua hora estava chegando e aproveita para dar as últimas instruções ao discípulo. Neste momento, ao evidenciar seu próprio testemunho, aprendemos que em nossa caminhada com Cristo:
  • Devemos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance da melhor forma possível,; importa chegar ao fim, mas conservando a fé.
  • E, então, no fim, estaremos certamente esperando o prêmio da vitória, que é dado para quem vive uma vida correta, o prêmio que o Senhor, o justo Juiz, nos dará naquele dia, e não somente a mim, mas a todos os que esperam com amor a sua vinda.
Finalmente, creia no Senhor, mantenha-se firme nos Seus caminhos. Liberte-se do egoísmo e da vontade da carne. Fuja das comichões dos ouvidos que espreitam à escuta de mensagens que confundem, por seu superficialismo e falsos ensinos. Resista ao diabo e ele fugirá de você. Refugie-se no Senhor. Aproxime-se mais dEle. Se você o buscar sempre, Ele satisfará os desejos do seu coração. (Reflexão com base em mensagem anunciada na Comunidade, por este pastor, no culto de domingo 14/09/2014).