Postagens

Mostrando postagens de Outubro 3, 2010

A LÍNGUA É FOGO...!

A epístola de Tiago foi escrita não para explorar temas doutrinários e teológicos, mas para exortar aos discípulos de Jesus quanto a serem "praticantes da palavra e não somente ouvintes" (1.22). Neste sentido é que Tiago se refere à sinceridade da fé (1.22-25;2.14-16;3.13-18), a resistir às provações com paciência (1.2-4;12-15;5.7-11), a não julgar os demais (2.12,13;4.11,12), a refrear a língua (1.26;3.1-12), a não jurar (5.12) e a perseverar na oração (5.13-18). Detenho-me agora, em particular, em 3.1-12, em que Tiago expõe que dentre as diversas formas de tropeço, a mais grave é o tropeço no falar. Há uma afirmação contundente de que "se alguém não tropeça no falar é perfeito varão, capaz de refrear, também, o corpo" (3.2b). Perceberam o alcance da expressão perfeito varão? Como almejar e alcançar a "perfeição cristã" se não refreamos a língua? O texto evidencia alguns tipos de controles exercidos pelo homem: em animais, o freio (ou cabresto) na boca d…