Postagens

Mostrando postagens de Março 31, 2013

JESUS É A VIDEIRA, MAS A PRODUÇÃO DE UVAS DEPENDE DE NÓS (João 15)!

No domingo de páscoa resolvi trazer uma mensagem à Comunidade, não sobre o seu sentido e o significado, à exemplo do ano passado, mas sobre discipulado e a necessidade de assumirmos o sacrifício vicário, a morte do Cordeiro Pascal, não apenas em uma celebração da páscoa, mas durante todo o ano. Assim veio-me à mente o capítulo 15 do Evangelho de João, quando Jesus se intitula a videira verdadeira e que Deus é o lavrador (agricultor) e nós, os ramos. A produção de uvas na Palestina era considerada  cultura de subsistência, assim como é o arroz no Brasil, então, não constitui surpresa que o Senhor tenha usado a videira como símbolo de Israel (Salmo 80.8-16; Jeremias 5.10). Mas a videira, como símbolo de Israel, fracassara em atender às expectativas de Deus (Oséias 10.1,2); além disso, suas uvas eram selvagens e sem valor, e mesmo com os cuidados do Senhor com Sua vinha (Isaías 5.1-7; Jeremias 2.21), Israel fracassara. Mas eis que Jesus se apresenta como a verdadeira videira (João 15.1),…