REFLEXÕES PASTORAIS COM GRAÇA

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

O QUE É MESMO VERDADE? ONDE EU A ENCONTRO?

João 18. 28-40 nos mostra algo muito importante. Vejamos por parte:
I – A humanidade, desnorteada na sua rota, procura ansiosamente por um sentido, uma direção que seja fiel e verdadeira:
O homem não é um ser irracional, cuja existência termina no túmulo! 
Daí o motivo da ansiedade universal sobre a vida após a morte. Mas a verdade, o que é?
No texto, temos a pergunta de Pilatos: "Que é a verdade?"
A humanidade continua, ainda, a fazer a mesma pergunta.
Muitos procuram a solução nos credos religiosos e ouve a cada passo, em cada um que:  "Aqui é que está a verdade!". Diante de tantas variantes, a verdade torna-se de difícil alcance.
II – Por que é tão difícil achar a verdade, como guia infalível e fiel para a eternidade?
Porque o caminho é escuro.
Em Isaías 60.1-2, há um alerta para Jerusalém, que se aplica a todos nós: “Levanta-te e resplandece, porque já vem a tua luz, e a glória do Senhor vai nascendo sobre ti, porque eis que as trevas cobriram a terra, e a escuridão, os povos; mas sobre ti o Senhor virá surgindo, e a sua glória se verá sobre ti”.
E há mais em Isaías 59.9,10: “Por isso, o juízo está longe de nós, e a justiça não nos alcança; esperamos pela luz, e eis que só há trevas; pelo resplendor, mas andamos em escuridão. Apalpamos as paredes como cegos; sim, como os que não têm olhos, andamos apalpando; tropeçamos ao meio-dia como nas trevas e nos lugares escuros somos como mortos”.
Porque a humanidade é muito crédula e não investigadora, daí ser enganada pelos falsos ensinadores e falsas luzes.
Ezequiel 22. 23-29: “E veio a mim a palavra do Senhor dizendo: Filho do Homem dize-lhe: Tu és uma terra que não está purificada e que não tem chuva no dia da indignação. Conjuração dos seus profetas há no meio dela, como um leão que ruge, que arrebenta a presa; eles devoram as almas; tesouros e coisas preciosas tomam, multiplicando as suas viúvas no meio dela. Os seus sacerdotes transgridem a minha lei e profanam as minhas coisas santas; entre o santo e o profano não fazem diferença, nem discernem o impuro do puro; e de meus sábados escondem os seus olhos, e assim sou profanado no meio deles".
2 Coríntios 11.13-15: "Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo. E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras”.
Porque o caminho é de difícil acesso.
Mateus 7.14: “Porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.
III – Como podemos achar a verdade, o guia infalível, que nos mostre o caminho seguro?
Como se acha um caminho em noite escura? – Acendendo uma lâmpada, buscando uma lanterna. Assim é na pesquisa religiosa.
 A Palavra de Deus é uma Luz e Lanterna.
 II Pedro 1.19: “ E temos, mui firme, a palavra dos profetas, à qual bem fazeis em estar atentos, como a uma luz que alumia em lugar escuro, até que o dia esclareça, e a estrela da alva apareça em vosso coração”.
 Salmo 119.105: “Lâmpada para os meus pés é tua palavra e luz para o meu caminho”.
Mas devemos atentar para o conselho de Deus:
*Não confiar nos homens.
 Salmo 146.3: “Não confieis em príncipes nem em filhos de homens, em quem não há salvação”.
Jeremias 17.5: Assim diz o Senhor: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor!
**Mas a confiar nEle: v.7: “Bendito o homem que confia no Senhor, e cuja esperança é o Senhor”.
***Examinar as Escrituras.  Romanos 10.17: “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus”.  João 5.39: “Examinai as Escrituras, porque vós cuidais ter a vida eterna, e são elas que de mim testificam”.
João 17.17: “santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade”.
Atualmente, muitos vão atrás do que diz o homem e das filosofias vãs, e desprezam as Escrituras, achando-as sem valor e arcaicas.
IV – O que faz a verdade para aqueles que a acham?
*Liberta-os da confusão e dos vícios.
 João 8.31,32: “Jesus dizia, pois, aos judeus que haviam crido nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos, e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”
**Transforma radicalmente a vida.
-Madalena, é um exemplo bem nítido. De prostituta à seguidora fiel ao Mestre.
***É guia infalível e fiel que seguramente nos aponta o destino eterno.
2 Pedro 2.19: “Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos e reservar os injustos para o Dia do Juízo, para serem castigados”.
****É a rocha da Salvação.
Mateus 7.24-25: “Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha. E descer a chuva, e correram os rios, e assopraram os ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha”.
E finalmente, vejamos Tiago 1.19-25, que, em essência nos assegura que “o Evangelho é a lei perfeita que dá liberdade às pessoas. Se alguém examina bem essa lei e não a esquece, mas a põe em prática, Deus vai abençoar tudo o que essa pessoa fizer” (NTLH). Jesus disse: Eu sou o caminho, a verdade e a vida".... (João 14.6). Portanto, Jesus Cristo é a verdade! Pense isso! (Reflexão com base em mensagem anunciada na Comunidade, por este pastor, no culto de domingo 23/11/14). 

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<< Página inicial