REFLEXÕES PASTORAIS COM GRAÇA

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

O QUE ESCOLHER, CAMINHOS NOVOS E MODERNOS OU VEREDAS ANTIGAS?

Há um tema central no livro do profeta Jeremias: a falta de arrependimento levará à destruição. O povo havia sucumbido às novas práticas de idolatria e desobediência sistemática a Deus e isso, advertia o profeta, iria levá-lo à destruição. Em especial em Jeremias 6. 16, o Senhor Deus fala ao povo de Israel e adverte para ANDAR NAS VEREDAS ANTIGAS da justiça.  
Mas em sua dureza de coração, o povo se negava; ele estava trilhando novos caminhos – e esses novos caminhos levariam à ruína, à morte! (Provérbio 16. 25:” Há caminhos que PARECE DIREITO ao homem, mas o seu fim são os caminhos da morte”. Assim, devemos estar alertas: há caminhos que são para a vida e há caminhos que são para a morte.
O que você escolhe?
Na longa ou curta existência de uma vida humana, estamos constantemente em marcha, do berço ao túmulo, sempre.
I – A humanidade está, há bastante tempo, no campo das escolhas dos caminhos.
-na área política – totalitarismo, ditaduras e governos de exceção ou democracia?
-na área econômica - capitalismo ou socialismo?
-na área religiosa – cristianismo autêntico ou cristianismo superficial, ou, ainda, charlatanismo, espiritismo, esoterismo, paganismo e ateísmo?
-na área da espiritualidade – indiferença, discriminação e sarcasmo ou compaixão, relacionamentos solidários e santidade?
- na área conjugal – relacionamentos sadios em termos dos propósitos de Deus para o casal ou relacionamentos com ênfase em coisas relativas, que ao menor abalo, faz a união se desfazer, levando à separação e ao divórcio?
- na área da relação pais e filhos – modelo bíblico de submissão de filhos aos pais ou modelos pedagógicos modernos, reforçados por legislação que limita a atuação de pais responsáveis?
II – Para todos, indistintamente, é chegado o tempo de pensamento e meditação.
- Pare um pouco: o tempo necessário para reflexão.
- Investigue: Veja qual o caminho que levará você mais adiante de maneira segura.
- Pergunte, questione: Se não sabe o caminho certo, leia a Bíblia, questione seu pastor, seja um “inconformado”, Romanos 12.2.
Veja o que nos ensina Jesus em João 5.39: “Examinai as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que testificam de mim”.
E em Mateus 7. 13,14: “Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta e espaçoso, o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram nela; e porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem”.
- e aí tome uma decisão. Deixe a hesitação ou o vacilo. Decida-se. Antes, consulte a Deus e siga em frente.
III – Escolha as veredas antigas.
Nem todos os velhos caminhos são bons: mentiras, enganos, trapaças, tempos de escravidão, os vícios, a ignorância e os maus costumes.
Mas as veredas antigas, ou o caminho antigo de Cristo e da cruz é muito bom, pois nos levam à eternidade com Cristo.
A vereda antiga da obediência traçada por Deus é mais segura.
Sigamos os exemplos de pessoas que fizeram uma escolha segura: – Abraão, José, Moisés, Josué, Paulo, e tantos outros heróis da fé, conhecidos e desconhecidos!
Uma pessoa de fé repousa na certeza de que Deus está sempre agindo para cumprir a Sua Palavra.
Faça uma avaliação de qualquer novo ensinamento e não se distancie do correto significado da Palavra de Deus.
Lembre-se que ninguém pode dar alterar ou modificar a Palavra de Deus.
Cuidado com os modismos e os “movimentos”, até no meio das igrejas. Saiba discernir e não se iluda com os caminhos que parecem bem aplainados, são tão bonitos e encantadores, mas levam, não à salvação, mas à perdição! Cuidado! (Reflexão com base em mensagem anunciada na Comunidade, por este pastor, no culto de domingo 30/11/2014).

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<< Página inicial