REFLEXÕES PASTORAIS COM GRAÇA

terça-feira, 15 de setembro de 2009

O JEJUM QUE AGRADA A DEUS.

O capítulo 58 do livro de Isaías descreve tempos difíceis em Israel e sustenta que o povo estava jejuando, mas não obtinha respostas de Deus e se perguntava, por quê? Todo o texto é muito esclarecedor, vamos, pois, por etapas, procurar entender o que a Palavra de Deus nos revela sobre jejuns e atitudes que agradam ou que não agradam ao Senhor. Muitos são os que jejuam mas sentem que não obtêm respostas de Deus. Jejum é abstinência de alimentos, mas somente isso não basta para Deus. De que se agrada, então, o Senhor? A resposta é esclarecedora da parte de Deus. Muitos são os que quando jejuam cuidam de seus próprios interesses, cuidam que os outros façam o seu trabalho (oprimem e escravizam). Quando jejuam para contendas e rixas o fazem, querendo impor suas vontades e, assim, brigam, discutem, tentam impor sua justiça. O jejum que o Senhor escolhe (v.6), aquele jejum que Lhe agrada, é aquele em que o pecador:
- salta as ligaduras e amarras da impiedade (ou seja, deixa sua raiva, seu ódio, sua mágoa, sua frieza quanto às necessidades do outro), e passa a ser piedoso, caridoso, generoso e solidário.
- desfaz as ataduras da servidão, deixa livre os oprimidos e despedaça todo jugo. Mas também (v.7), é ele quem:
- reparte o pão com o faminto e necessitado.
- recolhe em casa os desabrigados.
- cobre o que está nu.
- não se esconde de seu semelhante, ou seja, torna-se mais sensível às necessidade do outro.
Então, diz a Palavra do Senhor, quem assim procede:
- Terá rompida a luz como o amanhecer.
- Terá cura, ficará curado de qualquer enfermidade, física e da alma.
- Terá justiça sobre si, adiante de si.
- Terá a glória de Deus como retarguarda.
E aí, poderá clamar ao Senhor (v. 9b)e Ele responderá:"Estou aqui".
Se assim procederes diz o Senhor (v.9 c até o v.12): Se retirares da prática diária de vida, os julgamentos que fazes, o dedo acusador, o falar injurioso e se após isso, mudando de atitudes, abrires a tua alma ao faminto e fartares a alma aflita (com consolos e palavras e atitudes de ânimo e de ajuda ao outro, que está aflito), ENTÃO, a tua luz nascerá nas trevas e a tua escuridão será como o meio dia, e MAIS: o Senhor te guiará continuamente, fartará a tua alma ATÉ em lugares áridos (secos) e fortificará os teus ossos, serás como um jardim regado e como um manancial cujas águas jamais faltam. Que promessas lindas, maravilhosas e impactantes! Sim, Senhor, aprendi que não basta sacrificar, mas vale obedecer. Tanto que no v.13 o Senhor fala da lei quanto a guarda do dia do descanso. Mas o entendimento se estende. Não basta também somente obedecer a lei, é preciso algo mais, não seguindo os "meus" caminhos e não fazendo a "minha própria" vontade, mas também não falando palavras vãs. Ou seja, o jejum que agrada ao Senhor é, acima de tudo, abstinência de palavras ofensivas, de vínculos de maldade, de opressão sobre outros, de intrigas, fofocas e murmurações, do julgamento e das acusações sobre outros. É preciso falar menos, ouvir mais. É preciso ser mais generoso, menos egoísta, mais solidário,praticar mais o bem e conjugar mais o verbo amar. Essas são as práticas diárias dos que verdadeiramente "têm prazer em saber os Caminhos do Senhor e dos que têm prazer em se chegar à Deus". O v.14 finaliza o capítulo de forma única, posto que revela a maravilhosa graça e o favor do Deus Todo-Poderoso, com promessas de bênçãos sem limite àquele que pratica o jejum que agrada a Ele: "então, te deleitarás no Senhor. Eu te farei cavalgar sobre os altos da terra e te sustentarei com a herança de Jacó, teu pai, porque a boca do Senhor o disse.". (Síntese da mensagem deste pastor levada à Comunidade no culto de domingo 13/09/2009)

1 Comentários:

  • Pastor o que o senhor acha desses artigos?

    http://www.espada.eti.br/ce1077.asp
    e
    http://www.espada.eti.br/ce1078.asp

    Ele vai mais além no assunto que a Bíblia relata da morte de Jesus e mostra o por que dos fariseus terem um coração tão duro, não aceitando-o como messias...

    Por Blogger igor, Às 21 de setembro de 2009 18:56  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<< Página inicial