terça-feira, 5 de janeiro de 2010

SAIBA QUE HÁ UM ENCONTRO AGENDADO POR DEUS PARA MIM E PARA VOCÊ, AO QUAL NÃO PODEMOS FALTAR.

O apóstolo Paulo em 2 Co 5.1-10 faz algumas afirmações muito contundentes e deveras marcantes. Inicialmente é revelado que temos uma habitação temporária terrena - o corpo - e que se este for destruído (perecer) não devemos lamentar, posto que temos da parte de Deus uma casa eterna nos céus, não construída por mãos humanas. Enquanto esse momento não chega - o da imortalidade - sabemos que Deus nos preparou para esse propósito, dando-nos o Espírito como garantia do que está por vir. E diz mais que é preciso saber que enquanto estamos no corpo, estamos longe do Senhor. Por isso é preciso ter confiança e preferir estar ausentes do corpo e habitar com o Senhor. E em seguida ( v.10) nos fala de um encontro que acontecerá futuramente entre cada um de nós e o Senhor.
Em relação a este assunto pretendo me aprofundar um pouco mais. No decorrer de toda a vida há uma infinidade de compromissos e de encontro que agendamos ou que agendam para nós. A muitos desses encontros não comparecemos simplesmente por descuido ou por pura negligência e falta de interesse. Muitos são os que geram consequências até mais graves para nossas vida, e aí se fizermos uma retrospectiva, muito tempo depois, constataremos que melhor seria que tivéssemos estado presentes. O certo é que nossa vida é formada por um conjunto muito grande de encontros e desencontros. Mas o texto bíblico nos alerta que há, em especial, um encontro a que todos nós, indistintamente, teremos que atender e a dizer presente. Ele é mais importante que qualquer outro e não poderá ser adiado, por hipótese nenhuma. Os primeiros dez versículos do capítulo 5 nos asseguram que se a alma se desfizer do corpo, temos de Deus a imortalidade da alma e que enquanto estamos no corpo, vivemos ausentes do Senhor. Mas o texto nos dá a certeza de que quando deixarmos este corpo terreno, habitaremos com o Senhor e quando isso ocorrer, precisamos estar preparados para o juízo. Então, em suma:
I - HAVERÁ UM ENCONTRO NO TRIBUNAL DE CRISTO A QUE TEMOS QUE COMPARECER.
- É um compromisso para todos.
- Ninguém será, portanto, dele excluído. Todos nós -os que professam e os que não professam - teremos que comparecer perante o Senhor. Por que todos? ..."pois todos pecaram, e estão destituídos da glória de Deus" (Rm 3.23).
Ainda que o que crê se salve da condenação eterna pela justificação plena que a fé em Cristo alcança (Rm 5.1), ele será julgado por suas ações ( 1 Co 3.13-15).
II - ESSE ENCONTRO TERÁ A PARTICULARIDADE DE QUE QUEM JULGARÁ CONHECE TUDO SOBRE QUEM SERÁ JULGADO.
No tribunal Cristo preside, e sabe e conhece tudo sobre cada um de nós. Conhece fatos e pensamentos, ações e omissões, os mais secretos desejos e aspirações, os pecados mais ocultos, enfim, conhece o passado, o presente e o futuro. Aí se dará a abertura do livro que revela tudo sobre cada um de nós; nele estão apurados e registrados: as palavras proferidas, o que pensamos, o que fizemos e o que deixamos de fazer.
III - HAVERÁ NO TRIBUNAL O ADVOGADO E INTERCESSOR.
Vejamos algumas referência bíblicas que reforça nossa fé de que todos iremos comparecer perante Jesus Cristo, em Seu tribunal, e que Sua justiça será aplicada, mas que, também, para os Seus, Ele atuará como intercessor:
O apóstolo Paulo em Rm 8.33, 34 afirma: " Quem fará alguma acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem os condenará? Foi Cristo que morreu; e mais, que ressuscitou e está à direita de Deus, e também intercede por nós".
É o mesmo Paulo que assegura em Rm 8.1: " Portanto, agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus, porque por meio de Cristo Jesus a lei do Espírito de vida me libertou da lei do pecado e da morte."
O apóstolo João nos apresenta palavras do próprio Senhor Jesus, em Jo 5.24: " Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas passou da morte para a vida".
A essência desta mensagem é aqui explicitada:
Teremos, todos nós, um Encontro com Jesus Cristo, em Seu Tribunal. Para que possamos "passar da morte para vida", como afirma Jesus, e ter a eternidade com Ele, é preciso arrependimento, é necessário fazer morrer a velha natureza e dar vida ao novo homem, à nova mulher. É o próprio Senhor quem advertiu a tantos quanto O ouviam, segundo Lc 13.5: " ... Mas se não se arrependerem, todos vocês perecerão". (Síntese da mensagem deste pastor levada à Comunidade no culto de domingo 03/01/2010).

Um comentário:

Henrique Abrantes disse...

Olá tudo bem? Eu sou do Grupo HAS e tenho interesse em colocar um banner no seu blog.
Na verdade seria uma troca, você colocaria um banner no meu blog e vice versa entre em contato comigo:
E-mail: has.25@hotmail.com
Blog: http://has02.blogspot.com

Conheça também meu novo blog sobre notícias, esse é para adicionar aos favoritos pois tem notícias a todo momento.
Blog: http://hastv.wordpress.com/