segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

UTILIDADE E INUTILIDADE DIANTE DE DEUS

Em Jr 13.1-11 lemos que o Senhor instruiu ao profeta Jeremias sobre algo, no mínimo, estranho. Eis a sequencia da instrução de Deus:
       -  que o profeta comprasse um cinto de linho e que o pusesse sobre os lombos (na cintura).
      - que, depois, tomasse o cinto e que fosse até o rio Eufrates e o escondesse ali na fenda de uma rocha.
      - passados alguns dias que retornasse ao lugar onde enterrara o cinto e que o tirasse dali.
O profeta fez tudo quanto Deus ordenara, mas ao cavar e tirar o cinto verificou que tinha apodrecido e para nada mais prestava.
Então, nos versículos 8-11 o Senhor dá explicações sobre suas instruções ao profeta e sobre o significado do que ocorrera:
Por meio do cinto de linho, Deus apresentou a todos uma analogia para Seu povo. O pedaço de vestimenta apodrecido e deteriorado representava o povo de Israel que, no passado servia a Deus e O adorava, mas que, agora, tornou-se inútil por sua desobediência.
Contextualizando, podemos entender que, como cristãos e discípulos de Cristo, precisamos estar alertas quanto ao significado do texto bíblico, sabendo que:
I – PERMANECEMOS ÚTEIS A DEUS E A SEU PROPÓSITO QUANDO:
 - ESTAMOS ATIVOS: Na presença de Deus, ou seja, quando estamos a  Seu serviço, temos comunhão com Ele, e então permanecemos ocupados e enfrentamos desafios; nEle somos mais do que vencedores.
- ESTAMOS SEGUROS: Quando nos permitimos sermos levados pelo Espírito Santo, estamos seguros de Sua proteção, como filhos e filhas definimos nossa identidade a partir de Deus.
- ESTAMOS FIRMES: Quando nos alicerçamos nEle, edificamos nossa vida na Rocha, que é Jesus, logo estamos firmes, pois somente possuímos valores estáveis; nada nos abalará; não ficaremos à beira do caminho; ao contrário, prosseguiremos, pois sentimos sua real e majestosa presença, sempre.
II – TORNAMO-NOS INÚTEIS DIANTE DE DEUS E DE SEU PROPÓSITO QUANDO:
- ESTAMOS ENTERRADOS: De forma concreta  e definitivamente, em termos espirituais, nos enterramos, quando sucumbimos diante do pecado que nos ronda; nós nos enterramos quando nos conformamos com o estado de pecado e de apatia.
- ESTAMOS DESLIGADOS: Sucumbimos e nos tornamos inúteis diante de Deus quando perdemos o vínculo com Ele, que é a videira verdadeira; então, nos desligamos da Grande árvore da vida – que alimenta e supre – e passamos a viver como dissidentes.
- ESTAMOS RETRAÍDOS: Morremos espiritualmente e nos tornamos inúteis quando não mais sonhamos grande; não mais seremos úteis se apenas ficarmos sonhando e pensando pequeno; aí retraímos a bênção que Deus tem para cada um de nós! Pense nisso! Seja útil na obra de Deus! Se entregue mais; dedique-se mais! Sirva mais! (Reflexão com base em mensagem ministrada na Comunidade, por este pastor, no culto de domingo 09/12/2012). 

Nenhum comentário: