REFLEXÕES PASTORAIS COM GRAÇA

segunda-feira, 28 de julho de 2014

O CHAMADO E O ACOLHIMENTO EM JESUS!

Em João 1.43-51 vemos que Jesus chama Seus primeiros discípulos e, isso nos permite observar que o chamado é sempre de Jesus. É Ele quem chama e dá autoridade a outros para chamarem em Seu nome (v.43). Para seguir Jesus, basta escutar e atender ao Seu chamado. Foi o que aconteceu com Filipe. Como sempre, vemos o preconceito presente entre os homens, no v. 46, pela indagação de Natanael, que duvida que da pequena Nazaré pudesse vir o Messias, posto que Ele era esperado, mas vindo de uma importante cidade, não de um pobre e simples povoado. A resposta de Filipe é curta, porém enfática: Vem e vê! Diante do ceticismo inicial de Natanael, Filipe lhe dá a resposta correta: vem e vê, venha e experimente, venha e prove, venha e conheça, venha e viva com Jesus. Em Jesus não há necessidade de discussões ou mesmo de comprovações, apenas faça o convite: alguém quer conhecer Jesus, então, venha e veja!
1.EM CRISTO, ENCONTRAMOS, CERTAMENTE ACOLHIMENTO!
Jesus chamou Filipe para estar com Ele, para acolhê-lo (v. 43). Em Jesus encontramos o acolhimento que tanto precisamos. Mateus 11. 28-30 (NTLH): 'Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso. Sejam meus seguidores e aprendam comigo porque sou bondoso e tenho um coração humilde; e vocês encontrarão descanso. Os deveres que eu exijo de vocês são fáceis, e a carga que eu ponho sobre vocês é leve”.
O acolhimento de Jesus fica demonstrado na sua capacidade de transformar situações difíceis em fáceis, rejeição em aceitação e descrença em fé.
2.SENDO ACOLHIDOS, NELE TEMOS COMPANHIA
Jesus chamou Filipe para segui-lo (v. 43). Equivale a dizer: "venha e fique comigo". Ao chamá-lo ofereceu-lhe Sua companhia. Estar com Jesus é algo tão maravilhoso que Filipe foi contar essa boa notícia para Natanael.
Jesus não tem interesse em um entusiasmo passageiro, puramente emocional. Também não se incomoda com questionamentos.
Ele quer conhecimento profundo que só vem com a convivência. Natanael tinha o direito de perguntar por Jesus. Mas assim como ele, quem questiona só vai encontrar respostas se vir e ver. E mais: se permanecer com Jesus, em sua companhia. Jesus não o criticou por causa de suas dúvidas, e foi ao seu encontro com tranquila consideração.
É Jesus quem escolhe os seus discípulos: João 15.16 “Não foram vocês que me escolheram; pelo contrário, fui eu que os escolhi para que vão e deem fruto e que esse fruto não se perca”.
Jesus oferece sua companhia constante: Mateus 28. 20 (NTLH): “eu estou com vocês todos os dias, até o fim dos tempos”.
III. TENDO COMPANHIA, ENCONTRAMOS NELE TANTO AMOR QUANTO SALVAÇÃO
O "segue-me" de Jesus para Filipe é a maior demonstração do seu amor (v. 43). Jesus ofereceu para ele e continua oferecendo para nós uma vida nova.
O convite de Jesus é para segui-lo, estar com Ele até ver o céu se abrir (v. 51). Em Mc 1. 13 vemos o céu se abrir para Jesus. Jesus o abriu e o tornou acessível aos que creem. Em João 14. 1-3 Ele disse: "Não fiquem aflitos. Creiam em Deus e creiam também em mim. Na casa do meu Pai há muitas moradas, e eu vou preparar um lugar para vocês. Se não fosse assim, eu já lhes teria dito. E, depois que eu for e preparar um lugar para vocês, voltarei e os levarei comigo para que onde eu estiver vocês estejam também". (NTLH).
Aquilo que no passado Jacó viu em sonho (Gn 28.10-13,17) há de tornar-se plena realidade para os discípulos em Jesus. Onde Jesus está, o céu já não está fechado, a parede que separava o mundo de Deus do mundo das pessoas não existe mais. Por isso, o céu esteve aberto na noite em que Jesus nasceu e os anjos O louvaram. Em Jesus, o céu permanece aberto para nós.
Portanto, e finalmente, vá ao encontro definitivo de sua vida: vá a Jesus e encontre a acolhida, a companhia, o amor e a salvação que Ele quer lhe dar. Glória a Deus, por isso! (Reflexão com base em mensagem anunciada na Comunidade, por este pastor, no culto de domingo 27/07/2014).

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]



<< Página inicial