sexta-feira, 4 de setembro de 2015

" E DISSE DEUS: FAÇAMOS O HOMEM À NOSSA IMAGEM, CONFORME NOSSA SEMELHANÇA”... (Gênesis 1.26 e seguintes):

Ser imagem não é ser igual. Imagem é algo que é refletido, partindo –se de uma fonte de luz.
Por exemplo, a sombra de uma pessoa é uma imagem refletida dela mesmo.
A sombra não é a pessoa, apenas reflete suas características e particularidades como pernas, braços, cabeça, ...
Quem é Deus?
A Bíblia define Deus como Espírito.
Deus não é dotado de corpo, matéria ou algo sólido.
Não é também uma alma. É Espírito. É Espírito criador que não teve início e nem terá fim; é Aquele que sempre existiu. Ele é o Espírito que domina e cria. Sendo Deus Espírito, pode-se concluir que o homem, em sua essência, é também espírito.
O homem como produto de Deus, é, em si, dotado de características espirituais.
Lendo os demais versículos do ato da criação, em Gênesis, fica evidente que essa imagem e semelhança com Deus está relacionado ao fato de que o homem é espírito, exerce domínio e sujeição sobre a terra, pode criar; expressa amor e pode se comunicar com o Criador através da fé.
A função de criar é algo natural para o homem, assim como natural é a função de voar dada aos pássaros e de nadar dada aos peixes.
Ao homem foi dada a função natural de criar, planejar, projetar, ter idéias, construir, fazer, ter, e também, de dar e doar-se. Isso não é fruto de evolução.
É algo natural, ou que se aprende ou se faz por si só, sem esforço, ou seja, de maneira natural. Deus criou o homem com um espírito que cria e que domina situações e problemas.
É natural, então, que o homem resolva problemas, crie soluções, vença desafios, conheça e busque aquilo que lhe é desconhecido.
É possível, ainda, ao homem chamar à existência aquilo que não existe, na firme convicção daquilo que se espera, através da fé, que é, também, proveniente da natureza divina.
O macaco não pode ter fé, pois não foi criado à imagem e semelhança do Criador.
Mas o homem, sim, pois, dEle recebeu a medida da fé!

Nenhum comentário: